Sobre Mim

Nome: Marli C. Russi
Idade: 40 anos
Moro em: Blumenau - SC

Fotos da família


Favoritos

  • Vanessa
  • Marcia
  • Regiane
  • Giovana
  • Amanda
  • Fran


    Sites interessantes

  • Bolsa de mulher
  • Boas receitas
  • Canção nova
  • Momento espírita
  • Jesus voltará


  • Welcome


    Que a paz e o amor de Deus esteja no coração de todos que aqui entrarem.
    Esse é um blog suigeneris, aqui tem humor, reflexão, textos de grandes autores, poesias, textos meus, "viagens", desabafos... qualquer semelhança com pessoas, idéias, atitudes, sentimentos, não terá sido(mera coincidência), afinal, também sou aprendiz dessa escola chamada vida.
    "Vivo de esboços não acabados e vacilantes, mas equilibro-me como posso, entre mim e eu, entre mim e os homens, entre mim e Deus" Clarice Lispector

    Calendário

    Janeiro 2009

    D

    S

    T

    Q

    Q

    S

    S

    1 2 3
    4 5 6 7 8 9 10
    11 12 13 14 15 16 17
    18 19 20 21 22 23 24
    25 26 27 28 29 30 31
    Passado


    10/06/2012 a 16/06/2012
    18/03/2012 a 24/03/2012
    04/03/2012 a 10/03/2012
    11/12/2011 a 17/12/2011
    09/10/2011 a 15/10/2011
    25/09/2011 a 01/10/2011
    28/08/2011 a 03/09/2011
    10/07/2011 a 16/07/2011
    26/06/2011 a 02/07/2011
    12/06/2011 a 18/06/2011
    29/05/2011 a 04/06/2011
    15/05/2011 a 21/05/2011
    08/05/2011 a 14/05/2011
    01/05/2011 a 07/05/2011
    24/04/2011 a 30/04/2011
    10/04/2011 a 16/04/2011
    20/03/2011 a 26/03/2011
    06/03/2011 a 12/03/2011
    27/02/2011 a 05/03/2011
    20/02/2011 a 26/02/2011
    06/02/2011 a 12/02/2011
    30/01/2011 a 05/02/2011
    16/01/2011 a 22/01/2011
    09/01/2011 a 15/01/2011
    02/01/2011 a 08/01/2011
    21/11/2010 a 27/11/2010
    14/11/2010 a 20/11/2010
    24/10/2010 a 30/10/2010
    17/10/2010 a 23/10/2010
    03/10/2010 a 09/10/2010
    26/09/2010 a 02/10/2010
    19/09/2010 a 25/09/2010
    12/09/2010 a 18/09/2010
    05/09/2010 a 11/09/2010
    29/08/2010 a 04/09/2010
    22/08/2010 a 28/08/2010
    15/08/2010 a 21/08/2010
    08/08/2010 a 14/08/2010
    01/08/2010 a 07/08/2010
    25/07/2010 a 31/07/2010
    18/07/2010 a 24/07/2010
    11/07/2010 a 17/07/2010
    27/06/2010 a 03/07/2010
    20/06/2010 a 26/06/2010
    13/06/2010 a 19/06/2010
    06/06/2010 a 12/06/2010
    23/05/2010 a 29/05/2010
    16/05/2010 a 22/05/2010
    25/04/2010 a 01/05/2010
    11/04/2010 a 17/04/2010
    21/03/2010 a 27/03/2010
    07/03/2010 a 13/03/2010
    28/02/2010 a 06/03/2010
    21/02/2010 a 27/02/2010
    07/02/2010 a 13/02/2010
    31/01/2010 a 06/02/2010
    17/01/2010 a 23/01/2010
    03/01/2010 a 09/01/2010
    20/12/2009 a 26/12/2009
    06/12/2009 a 12/12/2009
    29/11/2009 a 05/12/2009
    22/11/2009 a 28/11/2009
    15/11/2009 a 21/11/2009
    08/11/2009 a 14/11/2009
    01/11/2009 a 07/11/2009
    25/10/2009 a 31/10/2009
    18/10/2009 a 24/10/2009
    11/10/2009 a 17/10/2009
    04/10/2009 a 10/10/2009
    27/09/2009 a 03/10/2009
    20/09/2009 a 26/09/2009
    13/09/2009 a 19/09/2009
    06/09/2009 a 12/09/2009
    30/08/2009 a 05/09/2009
    23/08/2009 a 29/08/2009
    16/08/2009 a 22/08/2009
    09/08/2009 a 15/08/2009
    02/08/2009 a 08/08/2009
    26/07/2009 a 01/08/2009
    19/07/2009 a 25/07/2009
    12/07/2009 a 18/07/2009
    05/07/2009 a 11/07/2009
    28/06/2009 a 04/07/2009
    21/06/2009 a 27/06/2009
    14/06/2009 a 20/06/2009
    07/06/2009 a 13/06/2009
    31/05/2009 a 06/06/2009
    24/05/2009 a 30/05/2009
    17/05/2009 a 23/05/2009
    10/05/2009 a 16/05/2009
    03/05/2009 a 09/05/2009
    26/04/2009 a 02/05/2009
    19/04/2009 a 25/04/2009
    12/04/2009 a 18/04/2009
    05/04/2009 a 11/04/2009
    29/03/2009 a 04/04/2009
    22/03/2009 a 28/03/2009
    15/03/2009 a 21/03/2009
    08/03/2009 a 14/03/2009
    01/03/2009 a 07/03/2009
    22/02/2009 a 28/02/2009
    15/02/2009 a 21/02/2009
    08/02/2009 a 14/02/2009
    01/02/2009 a 07/02/2009
    25/01/2009 a 31/01/2009
    18/01/2009 a 24/01/2009
    11/01/2009 a 17/01/2009
    04/01/2009 a 10/01/2009
    28/12/2008 a 03/01/2009
    21/12/2008 a 27/12/2008
    14/12/2008 a 20/12/2008
    07/12/2008 a 13/12/2008
    30/11/2008 a 06/12/2008

    Personalidades marcantes


    Foi escrito pra mim



    Qualquer ideia que te agrade, Por isso mesmo... é tua. O autor nada mais fez que vestir a verdade Que dentro em ti se achava inteiramente nua... Mário Quintana


    "Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento." Clarice Lispector.


    "Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro." Clarice Lispector.


    "Minha força está na solidão. Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem de grandes ventanias soltas, pois eu também sou o escuro da noite." Clarice Lispector.


    "Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é passível de fazer sentido. Eu não: quero uma verdade inventada." Clarice Lispector.


    "Porque eu fazia do amor um cálculo matemático errado: pensava que, somando as compreensões, eu amava. Não sabia que, somando as incompreensões é que se ama verdadeiramente. Porque eu, só por ter tido carinho, pensei que amar é fácil." Clarice Lispector.


    "E se me achar esquisita, respeite também. até eu fui obrigada a me respeitar." Clarice Lispector.


    Link-me




    Ganhei!


    UOL

    Links



    Visitas


    online





    ...sentou-se para descansar e em breve fazia de conta que ela era uma mulher azul porque o crepúsculo mais tarde talvez fosse azul, faz de conta que fiava com fios de ouro as sensações, faz de conta que a infância era hoje e prateada de brinquedos, faz de conta que uma veia não se abrira e faz de conta que que dela não estava em silêncio alvíssimo escorrendo sangue escarlate, e que ela não estivesse pálida de morte mas isso fazia de conta que estava mesmo de verdade, precisava no meio do faz de conta falar a verdade de pedra opaca para que contrastasse com o faz de conta verde-cintilante, faz de conta que amava e era amada, faz de conta que não precisava de morrer de saudade, faz de conta que estava deitada na palma transparente da mão de Deus,..., faz de conta que vivia e que não estivesse morrendo pois viver afinal não passava de se aproximar cada vez mais da morte, faz de conta que ela não ficava de braços caídos de perplexidade quando os fios de ouro que fiava se embaraçavam e ela não sabia desfazer o fino fio frio, faz de conta que era sábia bastante para desfazer os nós de corda de marinheiro que lhe atavam os pulsos, faz de conta que tinha um cesto de pérolas só para olhar a cor da lua pois ela era lunar, faz de conta que se ela fechasse os olhos os seres amados surgiriam quando os abrisse úmidos de gratidão, faz de conta que tudo o que tinha não era faz de conta, faz de conta que se descontraía o peito e a luz douradíssima e leve a guiava por uma floresta de açudes mudos e de tranqüilas mortalidades, faz de conta que ela não era lunar, faz de conta que ela não estava chorando por dentro......pois agora mansamente, embora de olhos secos, o coração estava molhado;
    ela saíra agora da voracidade de viver.

    "NÃO QUERO A TERRÍVEL LIMITAÇÃO DE QUEM VIVE SOMENTE DAQUILO QUE É POSSÍVEL FAZER SENTIDO,EU NÃO,QUERO É UMA VERDADE INVENTADA" Clarice Lispector



    - Postado por: Marli às 08h55
    [ ] [ envie esta mensagem ]





    HIATO

     

     

    Na Gramática da vida, assim como na outra, quando algo se torna difícil de compreender, é hora de virar a página e partir para outro assunto. Deixar o hiato - que divide, separa, isola - de lado e partir para os ditongos, os tritongos.

    Em meus períodos hiatos, as palavras não vêm.
    Os sentimentos ficam estanques e não conseguem traduzir-se em períodos.
    Sujeito, verbo, predicado. Nem na forma mais simples.
    Sinto-me vazia.
    A expectativa dá lugar ao descaso. O pouco caso, que por osmose, atravessou fronteiras e agora toma conta de mim.
    Fuga... Talvez.
    O querer disfarçado de não-querer.
    Daí tudo fica sem graça,cinza e chato. E o sono não vem.
    (...)
    Ela pede ajuda.A ajuda virá amanhã.
    Ela manda e-mail.
    A resposta é amanhã.
    Ela busca carinho.
    O ombro o colo, é amanhã.
    (...)

    A ajuda pode não servir.
    A resposta pode não vir.
    O carinho, não mais funcionar.

    Ela presa em um verão passado, num aquário sem saída,uma flor híbrida.

    "Eu sempre sonho que uma coisa gera, nada nunca está morto.
    O que não parece vivo, aduba.

    O que parece estático, espera."




    - Postado por: Marli às 10h14
    [ ] [ envie esta mensagem ]





    CANÇÃO DO DIA DE SEMPRE...

    Tão bom viver dia a dia...
    A vida assim, jamais cansa...

    Viver tão só de momentos
    Como estas nuvens no céu...

    E só ganhar, toda a vida,
    Inexperiência... esperança...

    E a rosa louca dos ventos
    Presa à copa do chapéu.

    Nunca dês um nome a um rio:
    Sempre é outro rio a passar.

    Nada jamais continua,
    Tudo vai recomeçar!

    E sem nenhuma lembrança
    Das outras vezes perdidas,
    Atiro a rosa do sonho
    Nas tuas mãos distraídas...

    Mário Quintana

    Uma ótima semana a todas!



    - Postado por: Marli às 08h33
    [ ] [ envie esta mensagem ]