Sobre Mim

Nome: Marli C. Russi
Idade: 40 anos
Moro em: Blumenau - SC

Fotos da família


Favoritos

  • Vanessa
  • Marcia
  • Regiane
  • Giovana
  • Amanda
  • Fran


    Sites interessantes

  • Bolsa de mulher
  • Boas receitas
  • Canção nova
  • Momento espírita
  • Jesus voltará


  • Welcome


    Que a paz e o amor de Deus esteja no coração de todos que aqui entrarem.
    Esse é um blog suigeneris, aqui tem humor, reflexão, textos de grandes autores, poesias, textos meus, "viagens", desabafos... qualquer semelhança com pessoas, idéias, atitudes, sentimentos, não terá sido(mera coincidência), afinal, também sou aprendiz dessa escola chamada vida.
    "Vivo de esboços não acabados e vacilantes, mas equilibro-me como posso, entre mim e eu, entre mim e os homens, entre mim e Deus" Clarice Lispector

    Calendário

    Janeiro 2009

    D

    S

    T

    Q

    Q

    S

    S

    1 2 3
    4 5 6 7 8 9 10
    11 12 13 14 15 16 17
    18 19 20 21 22 23 24
    25 26 27 28 29 30 31
    Passado


    10/06/2012 a 16/06/2012
    18/03/2012 a 24/03/2012
    04/03/2012 a 10/03/2012
    11/12/2011 a 17/12/2011
    09/10/2011 a 15/10/2011
    25/09/2011 a 01/10/2011
    28/08/2011 a 03/09/2011
    10/07/2011 a 16/07/2011
    26/06/2011 a 02/07/2011
    12/06/2011 a 18/06/2011
    29/05/2011 a 04/06/2011
    15/05/2011 a 21/05/2011
    08/05/2011 a 14/05/2011
    01/05/2011 a 07/05/2011
    24/04/2011 a 30/04/2011
    10/04/2011 a 16/04/2011
    20/03/2011 a 26/03/2011
    06/03/2011 a 12/03/2011
    27/02/2011 a 05/03/2011
    20/02/2011 a 26/02/2011
    06/02/2011 a 12/02/2011
    30/01/2011 a 05/02/2011
    16/01/2011 a 22/01/2011
    09/01/2011 a 15/01/2011
    02/01/2011 a 08/01/2011
    21/11/2010 a 27/11/2010
    14/11/2010 a 20/11/2010
    24/10/2010 a 30/10/2010
    17/10/2010 a 23/10/2010
    03/10/2010 a 09/10/2010
    26/09/2010 a 02/10/2010
    19/09/2010 a 25/09/2010
    12/09/2010 a 18/09/2010
    05/09/2010 a 11/09/2010
    29/08/2010 a 04/09/2010
    22/08/2010 a 28/08/2010
    15/08/2010 a 21/08/2010
    08/08/2010 a 14/08/2010
    01/08/2010 a 07/08/2010
    25/07/2010 a 31/07/2010
    18/07/2010 a 24/07/2010
    11/07/2010 a 17/07/2010
    27/06/2010 a 03/07/2010
    20/06/2010 a 26/06/2010
    13/06/2010 a 19/06/2010
    06/06/2010 a 12/06/2010
    23/05/2010 a 29/05/2010
    16/05/2010 a 22/05/2010
    25/04/2010 a 01/05/2010
    11/04/2010 a 17/04/2010
    21/03/2010 a 27/03/2010
    07/03/2010 a 13/03/2010
    28/02/2010 a 06/03/2010
    21/02/2010 a 27/02/2010
    07/02/2010 a 13/02/2010
    31/01/2010 a 06/02/2010
    17/01/2010 a 23/01/2010
    03/01/2010 a 09/01/2010
    20/12/2009 a 26/12/2009
    06/12/2009 a 12/12/2009
    29/11/2009 a 05/12/2009
    22/11/2009 a 28/11/2009
    15/11/2009 a 21/11/2009
    08/11/2009 a 14/11/2009
    01/11/2009 a 07/11/2009
    25/10/2009 a 31/10/2009
    18/10/2009 a 24/10/2009
    11/10/2009 a 17/10/2009
    04/10/2009 a 10/10/2009
    27/09/2009 a 03/10/2009
    20/09/2009 a 26/09/2009
    13/09/2009 a 19/09/2009
    06/09/2009 a 12/09/2009
    30/08/2009 a 05/09/2009
    23/08/2009 a 29/08/2009
    16/08/2009 a 22/08/2009
    09/08/2009 a 15/08/2009
    02/08/2009 a 08/08/2009
    26/07/2009 a 01/08/2009
    19/07/2009 a 25/07/2009
    12/07/2009 a 18/07/2009
    05/07/2009 a 11/07/2009
    28/06/2009 a 04/07/2009
    21/06/2009 a 27/06/2009
    14/06/2009 a 20/06/2009
    07/06/2009 a 13/06/2009
    31/05/2009 a 06/06/2009
    24/05/2009 a 30/05/2009
    17/05/2009 a 23/05/2009
    10/05/2009 a 16/05/2009
    03/05/2009 a 09/05/2009
    26/04/2009 a 02/05/2009
    19/04/2009 a 25/04/2009
    12/04/2009 a 18/04/2009
    05/04/2009 a 11/04/2009
    29/03/2009 a 04/04/2009
    22/03/2009 a 28/03/2009
    15/03/2009 a 21/03/2009
    08/03/2009 a 14/03/2009
    01/03/2009 a 07/03/2009
    22/02/2009 a 28/02/2009
    15/02/2009 a 21/02/2009
    08/02/2009 a 14/02/2009
    01/02/2009 a 07/02/2009
    25/01/2009 a 31/01/2009
    18/01/2009 a 24/01/2009
    11/01/2009 a 17/01/2009
    04/01/2009 a 10/01/2009
    28/12/2008 a 03/01/2009
    21/12/2008 a 27/12/2008
    14/12/2008 a 20/12/2008
    07/12/2008 a 13/12/2008
    30/11/2008 a 06/12/2008

    Personalidades marcantes


    Foi escrito pra mim



    Qualquer ideia que te agrade, Por isso mesmo... é tua. O autor nada mais fez que vestir a verdade Que dentro em ti se achava inteiramente nua... Mário Quintana


    "Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento." Clarice Lispector.


    "Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro." Clarice Lispector.


    "Minha força está na solidão. Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem de grandes ventanias soltas, pois eu também sou o escuro da noite." Clarice Lispector.


    "Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é passível de fazer sentido. Eu não: quero uma verdade inventada." Clarice Lispector.


    "Porque eu fazia do amor um cálculo matemático errado: pensava que, somando as compreensões, eu amava. Não sabia que, somando as incompreensões é que se ama verdadeiramente. Porque eu, só por ter tido carinho, pensei que amar é fácil." Clarice Lispector.


    "E se me achar esquisita, respeite também. até eu fui obrigada a me respeitar." Clarice Lispector.


    Link-me




    Ganhei!


    UOL

    Links



    Visitas


    online





    PORQUE A SABEDORIA DE DEUS É LOUCURA PARA OS HOMENS

    É com muita tristeza que tenho visto muitas pessoas buscar as "portas largas" que levam a uma vida sem Jesus,em proteção em Deus,sem felicidade,sem visão espiritual elas buscam servir ao mundo e como pedro o apóstolo querem fugir de suas provações ou ficam colocando Deus na parede o confrontando com as palavras que estão na bíblia como se o ameaçassem,"meu Deus me dá,tá na tua palavra que tens q me dar isso ou aquilo,promessas,milagres e bla bla bla,sempre atraz de soluções imediatistas e simplistas,orações que são praticamente uma ameaça,tenho assistido a testemunhos de algumas igrejas em que as pessoas usam frases feitas tipo "senhor eu não aceito,eu repreendo"..etc..tão diferente da maneira como jesus orava.., Meu Pai, se não é possível passar de mim este cálice sem que eu o beba, faça-se a tua vontade" (v. 42). em outra passagem:eis aqui estou, no rolo do livro está escrito a meu respeito; agrada-me fazer a tua vontade, ó Deus meu; dentro do meu coração, está a tua lei". Jesus se agradava em fazer a perfeita vontade de Deus, a qual foi estabelecida antes da fundação do mundo e você?“Jesus opõe-Se com energia aos protestos bem intencionados de São Pedro. O Senhor dá-nos a entender assim a importância capital que tem para a salvação o aceitar a cruz (cfr. 1 Cor 1, 23-25). Pouco antes (Mt 16, 17) Jesus tinha elogiado Pedro: ‘Bem-aventurado és Simão’; agora repreende-o: ‘Afasta-te de Mim, Satanás!’; ali tinha falado Pedro movido pelo Espírito Santo, aqui pelo seu próprio espírito de que não se tinha despojado totalmente”, e: “Satanás pode ter aqui o sentido etimológico de ‘adversário, opositor’ ou ser apelativo próprio do diabo tentador, aplicado a alguém que lhe imita a ação de tentar, afastando do bem ou incitando para o mal. Em todo o caso, é injúria gravíssima e mostra até que ponto Jesus havia abraçado de coração sua dolorosa paixão para salvar os homens” (PIB), e também: “Retira-te de minha frente, Satanás, tu és para mim um obstáculo, teus pensamentos não são de Deus mas dos homens!’ Tremendo contraste entre estas palavras e as que ouvira o apóstolo em Cesaréia quando confessara a messianidade e divindade de Jesus. Lá: ‘Bem-aventurado és!’ e a concessão do primado; aqui, o apelativo de Satanás e a repulsa. O motivo é único; a oposição à paixão e morte do Senhor. Mais fácil é reconhecer, em Jesus, o Filho de Deus, que aceitar vê-lo morrer como malfeitor. Mas quem se escandaliza de sua cruz, escandaliza-se d’Ele; quem sua paixão recusa, a ele recusa, porque Cristo é o Crucificado” “Ainda há pouco, falava Pedro sob a inspiração divina, agora fala como homem e segundo a carne. Não compreendendo o mistério do Filho de Deus aniquilado e calcado aos pés como um verme da terra, quer desviá-lo, em boa fé, da obediência à vontade de Deus. Por isso Jesus lhe chama Satanás, isto é, adversário, mau conselheiro – Note-se que, nesta passagem, o Divino Mestre nos ensinou ainda a obrigação de não darmos ouvidos a quem quer que nos desvie dos nossos deveres. Seja embora um amigo, é Satanás, é um mau conselheiro” “Pedro raciocinava humanamente e concluía que tudo aquilo – a Paixão e a Morte – era indigno de Cristo e reprovável”Pedro encara a missão de Cristo na terra com olhos demasiado humanos, e não chega a entender que, por vontade expressa de Deus, a Redenção se tem de fazer mediante a Cruz e que “não houve meio mais conveniente de salvar nossa miséria” O Senhor responde energicamente ao discípulo, tratando-o como se estivesse novamente com o tentador do deserto: “Retira-te de mim, Satanás; tu serves-me de escândalo, porque não tens a sabedoria das coisas de Deus, mas das coisas dos homens” (Mt 16, 23).

    Em Cesaréia, Pedro tinha falado movido pelo Espírito Santo; agora, deixa-se dominar por uma visão terrena. O anúncio da Cruz, da mortificação e do sacrifício como bem, como meio de salvação, sempre chocará os que a encararem com olhos humanos, como Pedro nesta ocasião. São Paulo teve que prevenir os primeiros cristãos contra aqueles que “procedem como inimigos da cruz de Cristo; o fim deles é a perdição; o deus deles é o ventre; e fazem consistir a sua glória na sua própria confusão, tendo prazer, somente nas coisas da terra” (Fl 3, 17-19).

    Pensando apenas com uma lógica humana, é difícil entender que a dor, o sofrimento, aquilo que se apresenta como custoso, possa chegar a ser um bem. Por um lado, a experiência mostra-nos que essas realidades, tão freqüentes no nosso caminho, nos purificam, nos enrijecem e nos tornam  melhores. Por outro lado, no entanto, não fomos feitos para sofrer, pois todos aspiramos à felicidade.

    O medo à dor, sobretudo, se se trata de uma dor forte ou persistente, é um impulso profundamente arraigado em nós, e a nossa primeira reação é de repulsa. Por isso, a mortificação, a penitência cristã, tropeça com dificuldades; não é fácil, e, ainda que a pratiquemos assiduamente, não acabamos nunca de acostumar-nos a ela.

    A fé, no entanto, permite-nos ver — e experimentar que sem sacrifício não há amor, não há alegria verdadeira, a alma não se purifica, não encontramos a Deus. O caminho da santidade passa pela Cruz, e todo o apostolado fundamenta-se nela. É o “livro vivo em que aprendemos definitivamente quem somos e como devemos atuar. Este livro está sempre aberto diante de nós” Devemos aproximar-nos dele e lê-lo; nele aprenderemos quem é Cristo, o seu amor por nós e o caminho para segui-lo. Quem procura a Deus sem sacrifício, sem Cruz, não o encontrará.

    “Porque NÃO tens a sabedoria das coisas de Deus, mas das coisas dos homens” (Mt 16, 23). Mais tarde, Pedro compreenderia o profundo significado da dor e do sacrifício; sentir-se-ia alegre com os outros Apóstolos por ter “padecido por causa do nome de Jesus” (At 5, 41).

    Nós, cristãos, sabemos que a nossa salvação e o caminho do Céu estão na aceitação amorosa da dor e do sacrifício. Existe por acaso uma vida cristã plenamente fecunda sem sofrimento? “Porventura os esposos estão certos do seu amor antes de terem sofrido juntos? Porventura, a amizade não se torna mais firme pelas provas sofridas em comum ou simplesmente por se ter sofrido junto com os outros o calor do dia, ou por se ter compartilhado com eles a fadiga e o perigo de uma escalada?” (J. Lechercq). Para ressuscitar com Cristo, temos que acompanhá-lo no seu caminho para a Cruz: aceitando as contrariedades e tribulações com paz e serenidade; sendo generosos na mortificação voluntária, que nos faz entender o sentido transcendente da vida e reafirma o senhorio da alma sobre o corpo. Como nos tempos apostólicos, devemos ter em conta que a Cruz que anuncia Cristo é escândalo para uns e loucura e insensatez para outros.

    Hoje vemos também muitas pessoas que não sentem as coisas de Deus, mas as dos homens. Têm o olhar posto nas coisas da terra, nos bens materiais, sobre os quais se lançam sem medida, como se fossem os únicos reais e verdadeiros. A humanidade sofre o embate de uma onda de materialismo que parece querer invadir e penetrar tudo. “Este paganismo contemporâneo caracteriza-se pela busca do bem-estar material a qualquer custo, e pelo correspondente esquecimento — melhor seria dizer medo, autêntico pavor — de tudo o que possa causar sofrimento. Com esta perspectiva, palavras como Deus, pecado, cruz, mortificação, vida eterna... acabam por ser incompreensíveis para um grande número de pessoas, que desconhecem o seu significado e sentido

    Creio que é por essa razão que, ao falar de provas e tribulações, o apóstolo Pedro exclamou triunfante: "Nisso exultais, embora, no presente, por breve tempo, se necessário, sejais contristados por várias provações, para que, uma vez confirmado o valor da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro perecível, mesmo apurado por fogo, redunde em louvor, glória e honra na revelação de Jesus Cristo" (1 Pedro 1.6-7).

    MUITA PAZ!!!!!



    - Postado por: Marli às 17h05
    [ ] [ envie esta mensagem ]





    VOCÊ TEM ESTADO NO GETSEMANI?

      Getsêmani é um jardim cheio de videiras e oliveiras, situado a leste de Jerusalém, no sopé do monte das Oliveiras. O lugar para onde Jesus tinha o costume de se retirar. O jardim onde ocorreu a cena de sua agonia. Representa o lugar da decisão. Lá você se tornará maduro, seguro, paciente, descomplicado. Mas, muitos se refreiam e não se entregam totalmente. Estar no Getsêmani é dar as costas para o passado, perdoar, crescer, avançar e lutar contra o que nos oprime. Mas quem se guarda, preservando o coração, não avançará. Temos que nos entregar por inteiro. É impossível ter nosso caráter transformado, nossa vida resolvida, em qualquer área, sem estarmos por inteiro no Getsêmani.
    Mas o que é Getsêmani? É o lagar onde as azeitonas eram prensadas (esmagadas) para a extração do azeite, óleo extremamente importante para o povo de Israel. Devemos aprender a nos relacionar com as pessoas, reconhecendo que elas podem ser uma grande alegria ou um grande desgaste. Devemos escolher amar incondicionalmente, como Jesus, que amou Judas mesmo sabendo que seria traído por ele. Deus trabalha com a intenção de nos fazer colunas em Sua casa, e estabelecerá esse marco quando formos menos exigentes e aceitarmos que alguns sejam tolos, outros carnais, explosivos, teimosos, procrastinadores, invejosos,caluniadores, etc… 
    Getsêmani é o lugar da virada em sua vida, marco de conquista da vitória do amor incondicional. Jesus foi ali para orar e orou até alta madrugada. Esse princípio diz que precisamos sair do “curto-circuito” correndo para Deus, aprendendo a canalizar para Ele, através da oração, toda a nossa frustração, ansiedade e necessidades.
    Se o Evangelho no qual cremos não nos conduz à paz, a um sono tranqüilo, provavelmente não aprendemos a descansar e entregar tudo ao Senhor. Orar  é entregar tudo a Ele. Há coisas que são insolúveis e é injusto viver frustrado por coisas que dependem de outros. Precisamos aprender a lidar com as pessoas. Jesus sabia que ia morrer. Nós, no Getsêmani, estamos na fila da morte.
    A principal crise de Jesus não foi a cruz, mas a agonia do Getsêmani, que O fez transpirar sangue. Nós chegamos até o drama, mas não entregamos tudo; perdoamos, mas retornamos à mesma questão quando irritados, ou explodimos sem razão porque acumulamos insatisfações. Até vamos para a cruz, mas como o porco, gritando, não como Jesus, que como ovelha muda, foi ao matadouro. Em nossa luta contra o pecado, não temos coragem de ir até o sangue (Hb 12.4).
    O Getsêmani é um lugar de prensar azeitonas, das quais se extrai 5 tipos de azeite (óleo), de acordo com a pressão exercida sobre elas:
    O primeiro óleo a ser extraído é o que serve de alimento para as pessoas. Somos algo tragável e de bom propósito para os outros;
    O segundo, para iluminação, usado em lamparinas. A luz representa revelação. É Deus nos usando para aconselhamento, com percepções que estão ocultas para outros;
    O terceiro destinava-se ao preparo de ungüento, que alivia e impede a proliferação de bactérias nas feridas. O azeite deve ser puro senão não cura.
    Depois, o óleo da unção, que quebra o jugo e traz capacitação de Deus;
    Por fim, da borra restante fazia-se um tipo de sabão. Até o fim, somos canal de Deus para limpeza e restauração de vidas. 
    Não é possível existir cristianismo sem cruz. Se não conhecemos a cruz, não conhecemos o eixo do cristianismo. Não é a nossa vontade, mas o propósito de Deus que deve prevalecer.
    Segundo momento: Gólgota
    Gólgota é o nome grego do lugar da crucificação de Cristo. Em aramaico é”gulgalta”, em hebraico, “gulgoleth”, e quer dizer caveira. Não queremos nada com o Getsêmani nem com o Gólgota, mas queremos Pentecostes (milagres). Mas, é perdendo que ganhamos. Quanto mais alto o caminho ministerial, mais puro será o azeite retirado por Jesus. Desejamos o fruto, mas não queremos ouvir falar de morte; queremos um cristianismo que não mexa com nosso ego, e isso não existe de verdade.
    Nossa sociedade não aceita a mensagem da cruz. Mas, sempre que sentirmos insatisafação e pedirmos mais de Deus, Ele nos mostrará a cruz (o centro do universo). Quando Jesus foi levantado no madeiro, manifestou-se aos homens.
    Há 3 maneiras de irmos para a cruz (Mt 27:30): como Jesus, como o ladrão ou como Simão, o cireneu, murmurando e achando que o problema era do outro. O único modo de mudar é chegar diante de Deus com nossas questões e pedir: Senhor, eu quero crescer! Que Deus nos mostre onde é preciso morrer!
    Terceiro momento: Pentecostes
    Também conhecida como Festa das Primícias, na Festa de Pentecostes toda a colheita era dedicada a Deus. Também marca a descida do Espírito Santo (Atos 2). Já dissemos que sem Getsêmani e Gólgota não há Pentecostes. Isto tem a ver com obediência, disposição de permanecer ATÉ O FIM. Devemos morrer para nós mesmos, o que não significa perder a individualidade, mas abraçar a unidade. Precisamos permanecer até que, libertos do pecado, andemos naturalmente em unidade. Jesus nos amou quando ainda éramos pecadores, sem pedir nada em troca. Esse é o nosso modelo.
    A salvação é pela graça. Representa que Jesus nos ressuscitou juntamente com Ele, e nos fez assentar nas regiões celestiais em Cristo Jesus (Ef 2.6). Assim, tanto no Getsêmani como no Gólgota ou em Pentecostes, nEle fomos estabelecidos para governar.
    QUANTOS QUEREM reinar com Cristo? São Francisco de Assis dizia que a felicidade está após a cruz; sendo livre de todas as coisas, no Senhor.

    Consideremos o texto de Isaías 53.3,5 e 7: "Era desprezado e o mais rejeitado entre os homens; homem de dores e que sabe o que é padecer; e, como um de quem os homens escondem o rosto, era desprezado, e dele não fizemos caso... Mas ele foi traspassado pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados... Ele foi oprimido e humilhado, mas não abriu a boca; como cordeiro foi levado ao matadouro; e, como ovelha muda perante os seus tosquiadores, ele não abriu a boca".

    Como um cordeiro, Jesus foi levado para o matadouro; Ele permaneceu em silêncio como uma ovelha.A agonia de Jesus. Ele tem a dolorosa consciência do peso desta hora de extrema intensidade. Todos os pecados do mundo pesam sobre ele. Experimenta solidão (os discípulos dormem, o Pai guarda silêncio), tristeza (“Minha alma está triste até a morte. Permanecei aqui, comigo”, Mt 26,38); angústia, pavor até suar como gotas de sangue (Lc 22,44); desejo de fugir (“Afasta de mim este cálice!”); tentação de renunciar à missão que o Pai lhe confiou. Eu também posso ser tentada a recuar do meu propósito de seguimento radical de Jesus. “O espírito está pronto, mas a carne é fraca”.

     A agonia do mundo: “Cristo continua em agonia até a consumação dos tempos”  Jesus está em comunhão com o sofrimento, a solidão, o vazio de tantas vidas atuais... O drama da liberdade humana: nascidos para a Vida, caminhamos para a morte; destinados ao amor, vivemos fechados no nosso egoísmo. As conseqüências estão aí: menores abandonados, mulheres exploradas, homens desenraizados, sem terra, sem moradia, despojados da sua dignidade,casais separados..

     A oração de Jesus. Lançado no horror da noite, continua a amar e querer o que o Pai quer: “Meu Pai (Abba!”, Mc 14,36), se é possível que passe de mim este cálice. Contudo, não seja como eu quero, mas como Tu queres”. É o modelo de toda oração cristã. Eu também posso estar desolada e, ao mesmo tempo, amar e dizer “sim, Pai!” seja feita a tua vontade..



    - Postado por: Marli às 08h42
    [ ] [ envie esta mensagem ]





    COMO VOCÊ TEM SOFRIDO AS "DEMORAS DE DEUS"?

    No post de ontem falava sobre saber quando temos que agir e quando temos q esperar em Deus mas e quando você fez tudo o que estava ao seu alcance e as coisas não acontecem?  

    Meu Deus,

    meu Deus,

    por que

    me abandonastes?

    Eventualmente tenho perguntado a amigos por que teria Jesus Cristo proferido essas palavras em seus últimos momentos na cruz. As pessoas – geralmente demonstrando certo desconhecimento das Escrituras – têm diversas opiniões a respeito: que foi um momento de angústia; que foi uma prova da humanidade de Jesus, pois, afinal, ele era um homem como nós, de carne e osso, sofria como a gente, etc. Alguns até questionam se Cristo teria tido um momento de fraqueza, imaginando que o Pai o havia de fato abandonado...

        Na verdade, há razões importantes para a cena, mas vale lembrar inicialmente que Jesus estava... orando. Uma oração judaica, um Salmo: o Salmo 21, para ser mais precisa. Afinal, o judaísmo era a religião ancestral de Jesus. 

        O Mestre estava orando e cumprindo uma profecia.

        Quando hoje um cristão se vê em desespero, clama por Deus, pelo Mestre, reza o Pai-nosso, a Ave-Maria... Um muçulmano clama por Alá... Nada mais natural, portanto, que, num momento de sofrimento, Jesus fizesse uma oração que lhe viesse das profundezas da alma, clamando pelo mesmo Deus hebraico que foi o Princípio para as demais crenças e que o Mestre aprendeu a amar desde sempre. Meu Deus, meu Deus, por que me abandonastes?
    E permaneceis longe de minhas súplicas e de meus gemidos?"(...) Salmo 21 (Algumas Bíblias trazem como Salmo 22)
    A oração é o meio de comunicação mais perfeito e completo entre a criatura e seu Criador. Porém, precisamos aprender a orar. Sem dúvida, antes de qualquer coisa, precisamos orar com fé; e fé é ter confiança que no tempo certo a solução virá.


    Haverá ocasiões que a espera nos afligirá, mas temos de nos lembrar que algumas vezes a demora é necessária, para que Deus efetue mudanças em nossa vida ou altere situações na vida de pessoas envolvidas na resposta que esperamos.

    Como você se sente...

    1. Quando você está esperando o seu computador processar em alguns segundos os dados desejados?

    2. Como você se sente quando está esperando esquentar uma caneca de leite no micro-ondas em 60 segundos?

    3. E quando você está no supermercado esperando a autorização da máquina do cartão de crédito? Que eternidade, não?

    4. E como se esquecer da eternidade do sinal vermelho do trânsito. Não?

    5. Para não falar na demora “ad infinitum” do elevador!

    Todavia, você precisa se lembrar que isto diz respeito a máquinas!

    Embora que esta questão está relacionada a coisas e máquinas, esta questão tem duas implicações:

    1. PESSOAS NÃO SÃO MÁQUINAS.

    2. DEUS NÃO É MÁQUINA.

    Seu filho não é uma máquina, sua esposa ,seu marido,seus irmãos..etc..também não!
    Deus também não é uma máquina, em que você digita um botão e pronto!

    Ei! Deixa eu te lembrar de uma coisa:

    DEUS É DEUS, E ELE PODE DEMORAR O QUANTO ELE QUISER SEM TER QUE TE PEDIR AUTORIZAÇÃO OU LHE INFORMAR O TEMPO DA DEMORA!

    Não deixe que a velocidade das coisas deste mundo te deixem mal acostumado com as coisas de Deus!

    O Chronos humano, não pode ser superior ao Kairós de Deus!

    Justamente porque o tempo de Deus, não é o mesmo do tempo dos homens!

    “Há favores que o Altíssimo não concede na primeira, nem na segunda, tampouco na terceira vez que pedimos, porque ele deseja que oremos por MUITO tempo, e essa demora é pra nos manter em estado de humildade – e para percebermos o valor da sua graça”. Jean Eudes.

    O problema é que...

    1. QUANDO DEUS DEMORA VOCÊ SE SENTE ESQUECIDO: SL. 10: 1.

    “SENHOR, por que estás tão longe? Por que te escondes em tempos de angústia?”.

    Até quando? Esta é sua pergunta pra Deus... “Será que Deus me esqueceu?”

    Você está se sentindo como aquele garoto que não foi escolhido por nenhum dos dois times para o jogo? Sente-se esquecido? Rejeitado?

    Se você se sente assim com relação a Deus, creia, ele não se sente assim com relação a você:

    Veja esta declaração maravilhosa de Deus para você: Is. 49: 15-16

    “Haverá mãe que possa esquecer seu bebê que ainda mama e não ter compaixão do filho que gerou? Embora ela possa esquecê-lo, eu não me esquecerei de você! Veja, eu gravei você nas palmas das minhas mãos; seus muros estão sempre diante de mim”.

    Este texto numa linguagem de agora: “Você está tatuado nas palmas das mãos de Deus, nas duas!”.

    Como você sabe tatuagem não pode ser removida!!!
    Deus não muda de idéia, Deus não mente, Deus não erra! Mesmo que Ele demore, Ele não te abandonou!

    Deus ama você, nunca duvide diste, não obstante aos seus problemas!

    2. QUANDO DEUS DEMORA VOCÊ SE SENTE ABANDONADO: SL. 13: 1

    “Até quando, SENHOR? Para sempre te esquecerás de mim? Até quando esconderás de mim o teu rosto?”.

    A idéia aqui, é que Davi estava tendo a impressão de que Deus o estava evitando. Esta é uma sensação horrível.

    Ser ABANDONADO é muito pior do que ser esquecido!

    Davi: Meu Deus! Meu Deus! Por que me abandonaste? Sl. 22:1

    Por mais que você se sinta só, creia nas Promessas de Deus: Ele te diz...

    "Nunca o deixarei, nunca o abandonarei" – Hb. 13:5

    3. QUANDO DEUS DEMORA VOCÊ SE SENTE DECEPCIONADO: SL. 13:2

    “Até quando terei inquietações e tristeza no coração dia após dia?”.

    Você já se sentiu decepcionado com Deus?

    Na verdade, se você tem uma relação pessoal e de amor com Deus, não apenas de religiosidade, você já se sentiu assim. Todos nos sentimos assim em algum momento da vida!

    Davi também: Sl. 13: 2-3.Às vezes nos perguntamos por que as coisas não acontecem em nossas vidas, ou porque Deus age de tal forma na vida de nosso irmão e não faz o mesmo conosco. Às vezes as coisas parecem que não tem mais solução, parece que o tempo acabou e não há mais nada a se fazer.

     


    E então dizemos que se Deus tivesse agido antes as coisas não teriam chegado ao ponto que chegaram, ou seja, aparentemente sem solução.


    Erramos em pensar que Deus vai agir nas nossas vidas, exatamente como agiu na vida de outras pessoas, ou que Deus vai agir no tempo que achamos que é o certo ou que é o limite.


    Lemos na palavra de Deus uma história que nos leva a pensar em como Deus quer agir em nossas vidas.


    João 11 1 Ora, estava enfermo um homem chamado Lázaro, de Betânia, aldeia de Maria e de sua irmã Marta. 2 E Maria, cujo irmão Lázaro se achava enfermo, era a mesma que ungiu o Senhor com bálsamo, e lhe enxugou os pés com os seus cabelos. 3 Mandaram, pois, as irmãs dizer a Jesus: Senhor, eis que está enfermo aquele que tu amas. 4 Jesus, porém, ao ouvir isto, disse: Esta enfermidade não é para a morte, mas para glória de Deus, para que o Filho de Deus seja glorificado por ela.


    Lázaro estava doente e logo mandaram avisar Jesus, pois sabiam que Ele o podia curar, como já havia feito com outras pessoas.


    Mas os planos de Jesus eram diferentes dos planos daquelas pessoas.


    5 Ora, Jesus amava a Marta, e a sua irmã, e a Lázaro. 6 Quando, pois, ouviu que estava enfermo, ficou ainda dois dias no lugar onde se achava.


    Ao invés de correr para curar Lázaro, ele ainda ficou dois dias onde estava. Mas Por quê? Será que Ele não queria curar Lázaro?
    Voltando ao versículo quatro, vemos uma declaração de Jesus que explica o porquê de sua demora..


    4 Jesus, porém, ao ouvir isto, disse: Esta enfermidade não é para a morte, mas para glória de Deus, para que o Filho de Deus seja glorificado por ela.


    Porém, quando Jesus chega a Betânia, Lázaro já havia morrido.


    17 Chegando, pois Jesus encontrou-o já com quatro dias de sepultura.


    Será que Jesus se atrasou?


    Foi exatamente isso que Marta e Maria pensaram. E é exatamente isso que pensamos, quando nossos problemas chegam a um ponto que parece não ter mais jeito, pensamos logo, que Deus não agiu e que agora não tem mais jeito.


    20 Marta, pois, ao saber que Jesus chegava, saiu-lhe ao encontro; Maria, porém, ficou sentada em casa. 21 Disse, pois, Marta a Jesus: Senhor, se estivesses antes aqui meu irmão não teria morrido.


    Não acreditamos no que diz a palavra de Deus:


    Efésios 3:20 Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera,


    Marta sabia que Jesus era poderoso, mas não acreditava que Ele usaria seu poder naquela situação.


    23 Respondeu-lhe Jesus: Teu irmão há de ressurgir. 24 Disse-lhe Marta: Sei que ele há de ressurgir na ressurreição, no último dia.


    Muitas vezes, nós estamos como Marta, sabemos que Deus tem poder para fazer o impossível, mas não acreditamos que vá fazer isso por nós.
    Marta não entendeu que Jesus queria fazer na vida de Lázaro, mais do que já havia feito na vida de outras pessoas. Para que Jesus fizesse um milagre sobrenatural, Lázaro teve que morrer.


    Se Jesus tivesse chegado antes da morte de Lázaro, aquele seria um milagre como os outros, seria simplesmente mais uma cura.
    Mas Jesus queria fazer algo maior, queria um milagre sobrenatural. Jesus queria que fosse comentado em toda região a grandiosidade do poder de Deus manifesto na vida de Lázaro,e também ensinar que mais que trazê-lo de volta a vida da matéria fazer com que renascesse em espírito,assim como as pessoas q presenciaram o acontecido,quantas pessoas q amamos não estão assim mortas e já fedendo,talvez aguardando q nós tiremos a pedra q as impede de ver espiritualmente,muitas vezes não conseguiremos,pelo menos não no tempo que queremos,OUTRAS VEZES SOMENTE DEUS CONSEGUIRÁ  é na "demora" q está a cura,a graça,o milagre...       


    Mas para isso, Lázaro teve que morrer.


    Talvez a situação que você tem passado, parece que não tem mais solução, parece que já não há mais tempo para que nada seja feito, aparentemente, tudo está perdido.


    Mas enquanto você vê a morte, Deus vê a oportunidade, de demonstrar a grandiosidade do poder dEle na sua vida.


    Muitas vezes estamos buscando um milagre de Deus, que acreditamos ser algo sobrenatural, mas na verdade o que Deus quer fazer nas nossas vidas, é muito maior do que esperamos.


    Lembre-se, foi preciso que Lázaro morresse para que Deus fizesse um milagre sobrenatural e diferente na vida dele, de forma que todos que o conheciam puderam ver o poder de Deus.

    Quem é que precisa ser ressuscitado na sua casa? Talvez seja um Lázaro, ou uma menina, como essa filha de Jairo. Pode ser um rapaz, um homem, um pai,um irmão,um marido,uma esposa  Por causa das suas lágrimas, sua dor unida a sua oração e sua fé o Senhor está atendendo o seu pedido E AO MESMO TEMPO TE CURANDO  ..DEUS NÃO DEMORA DEUS CAPRICHA  Quem é que precisa deste milagre? Saiba que pela sua dor, pelas suas lágrimas, mas principalmente pela sua fé, seu amor, sua oração,seu perdão o milagre acontecerá..faça silencio ore e escutará o que o senhor tem a te dizer.......       o Senhor está dizendo: NÃO TEMAS CRÊ SOMENTE
    Mesmo que você não tenha sentido nada, a fé não é sentimento, é convicção. CRER é acreditar no impossível

    QUE O DEUS DA PAZ VOS CONCEDA  O ENTENDIMENTO DE SUA VONTADE EM SUAS VIDAS



    - Postado por: Marli às 11h36
    [ ] [ envie esta mensagem ]





    SERENIDADE

    Concede-me, Senhor, serenidade para aceitar as coisas 

    que eu não posso modificar, 

     

    Coragem para modificar as que eu posso e sabedoria

    para distinguir umas das outras.

     

     Vivendo um dia de cada vez, desfrutando um momento

    de cada vez, aceitando as dificuldades como um caminho

     para alcançar a paz,

     

    Considerando, como tu, este mundo pecador como ele é 

    e não como eu gostaria que fosse, confiando que endireitarás 

    todas as coisas se eu me render à tua vontade , para que eu 

    possa ser moderadamente feliz nesta vida e sumamente feliz 

    contigo na eternidade.

    A "Prece da Serenidade" é uma das orações mais difundidas pelo mundo, cuja autoria é atribuída ao teólogo americano Reinold Niebuhr, que produz muitos benefícios naqueles que assimilarem o seu elevado significado moral e psicológico.

     

    É claro que essa prece não tem nenhuma conotação mágica. A forma não é nada, o pensamento é tudo. No entanto, pode-se assimilar o elevado propósito moral de uma oração e, neste particular, a Prece da Serenidade convida-nos a preciosas reflexões.

    De facto, se por um lado muitas soluções estão nas nossas mãos, outras tantas não dependem da nossa vontade ou de nossa actuação concreta. Nalgumas situações, só Deus poderá alterar o curso dos acontecimentos. Quando nada podemos fazer, Deus pode. E Deus sempre fará o melhor por nós. Ele sempre actua quando não sabemos o que fazer ou quando já fizemos tudo o que estava ao nosso alcance.

    Victor Hugo escreveu: "Quando tiver feito tudo o que for possível, deite-se e vá dormir. Deus estará acordado.".

    Quanto a si, prezado Leitor, tem entregue a Deus os seus insolúveis problemas? Tem confiado na Divina Providência, naquele Poder Infinito que tudo pode?

     

    Neste instante, proponho-lhe que abra o seu coração, solte o nó da gravata, TIRE O SAPATO,ponha-se diante de Deus e sinta que Ele o ama. Proponho que escreva numa folha de papel os insolúveis problemas que o atormentam, colocando-os nas mãos do Criador para a solução mais adequada. Depois, pare de se preocupar com essas questões, pois Deus está a cuidar do assunto. Isso proporcionará muita paz ao seu coração.

     

    Percebeu por que é que essa oração foi denominada de Prece da Serenidade? A razão é simples. Nós só conquistaremos a paz quando fizermos aquilo que nos compete fazer. Enquanto adiarmos, não teremos paz, pois o problema continua connosco. E se nada nos é possível fazer, a nossa parte vem da atitude de entrega ao Criador, que tudo sabe e tudo pode.

    Em regra, ficamos nervosos preocupados e ansiosos porque fazemos exactamente o contrário. Naquilo que podemos fazer, esperamos que Deus ou as pessoas façam por nós. E naquilo que só Deus pode fazer, queremos agir por nossa própria conta, caindo em verdadeiro desespero em vista da inutilidade de nossas condutas.

    A prece convida-nos a pedir coragem. Para quê? Para que possamos mudar aquilo que nos cabe mudar.

    E PERCEBER QUANDO SÓ DEUS PODE

    Muitas vezes, a solução para as nossas dificuldades está nas nossas mãos, não nas mãos do padre, do amigo, etc. Um professor não fará a prova no lugar do aluno; nem o médico tomará o remédio no lugar do paciente.

     

    Já pensou nas mudanças que precisa realizar? Examine com calma. Verifique quais as decisões que talvez esteja a adiar, esperando que Deus, ou alguém, faça a parte que é de sua responsabilidade. É preciso tomar atitudes necessárias para que as mudanças ocorram, no plano social,emocional,espiritual, profissional, político, familiar ou pessoal. Adiar essas decisões acarretará ainda mais ansiedade e sofrimento.

    É por isso que a prece termina com um pedido significativo:

     

    Senhor, dá-me sabedoria para distinguir uma situação da outra.”

     

    Saber a nossa parte e fazer. Saber a parte de Deus e esperar. Eis a expressão da serenidade.

     

    Concede-me, Senhor, serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar, coragem para mudar aquelas que podem ser mudadas e sabedoria para distinguir uma situação da outra

     


    MUITA PAZ!!!!

     



    - Postado por: Marli às 13h14
    [ ] [ envie esta mensagem ]